quarta-feira, julho 26, 2006

Dia dos Avós

Dia 26 de Julho. São 0 horas e 25 minutos.
Lá em cima, no primeiro andar, dormem os meus dois adorados netos. Passámos o dia de ontem na praia. Ficaram cá a dormir em casa. Estafadíssimos, mas imensamente felizes. Eles e nós os dois, os avós.
Comemora-se hoje o "dia dos avós".
Para mim deveria ser talvez o "dia dos netos". Porque sem eles não nos seria possível sentir a maravilhosa e quase mágica sensação de sermos avós.
Eu senti-a, pela primeira vez, há 10 anos.
---
Duas lágrimas

E pelo rosto dela
Correram-lhe duas lágrimas cristalinas

Não eram lágrimas de dor ou de tristeza
Mas lágrimas de felicidade e alegria

Porque nos braços dela
Dormia o ser mais maravilhoso do Mundo

O seu primeiro neto.

(inédito)
---
E aos meus netos agradeço o ser avó:

Ser avó

Ser mãe é maravilhoso!
Mas ser avó...
Poder agarrar nos braços
aqueles seres tão pequeninos,
tão frágeis, tão indefesos;
Orgulharmo-nos do presente maravilhoso
que os nossos filhos nos oferecem;
Ajudar com o nosso carinho,
com a nossa experiência,
a prepará-los para a vida;
Sentir os seus ternos beijos
e uns doces bracinhos
que nos envolvem com amor;
Poder rir, cantar, saltar e correr
na sua companhia;
Poder voltar por largos espaços
à Primavera da Vida
quando o Outono já chegou!
Ser Avó é bom, é maravilhoso,
é ser FELIZ.
Obrigada Mafalda
Obrigada Guilherme
Vocês fazem de mim
a avó mais feliz do Mundo!

"Pedaços de Mim" - Edições Folheto 2005 - 25 Poemas

4 comentários:

Xico Rocha disse...

Parabéns, ainda não sou avô, mas acredito que é uma benção poder se-lo.
Que Deus abençoe a ti e teus netos.

Xico Rocha

Mafalda disse...

bem avó não tenho visto o teu bolg, mas está um espectáculo.
beijinhos da tua neta mafalda

Menina_marota disse...

Eu ainda não sou Avó (com muita pena minha...) mas adorei a sensibilidade desta Poesia:

Um abraço carinhoso ;)

david santos disse...

Olá!
Este blog está muito bonito. Não deve parar.
Parabéns.